Análise do CD Aline Barros e Cia - Aline Barros

Sexta-Feira - 07 de Maio de 2010 às 16:36:42 - Autor: Roberto Azevedo

1. Pula, Pula
2. Homenzinho Torto
3. Dança do Pingüim
4. Chuá, Chuá
5. O Alfabeto
6. A oferta da viuvinha
7. Verde que te quero verde
8. Louvar é bom demais
9. Samuel
10. Não atire o pau no gato
11. Sim, Jesus
12. Campeão
13. A Sementinha
14. Você é especial

Aline Barros e Cia é o primeiro cd infantil que Aline lança nesta nova fase de seu ministério, em que é produzida pela MK Music.

Anteriormente, ainda pela AB Records, a cantora já havia lançado dois cds visando o público infantil intitulados Bom é ser criança volume 1 e 2.

O novo projeto foi preparado enquanto Aline ainda vivia os frutos do excelente Som de adoradores, seu primeiro disco solo lançado nesta nova fase de sua carreira, que chegou a lhe render uma indicação ao Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Cristã, em língua portuguesa de 2005, prêmio que havia ganho um ano antes com o disco Fruto de Amor (AB Records).

A produção do álbum é de Rogério Vieira, um dos melhores produtores de música evangélica no momento. O repertório que enfatiza o conteúdo bíblico e o conteúdo educativo, traz músicas animadas, com ritmos diversificados e muito balanço.

A qualidade da produção não está presente apenas no áudio, o encarte também é show. Criado em formato book, ele é super colorido e traz além das letras uma série de fotos de Aline com figurinos específicos para cada canção que serão usados posteriormente na elaboração do dvd.

Pula Pula é um pop-rock que contagia até os adultos. A letra fala sobre diversão numa linguagem que as crianças entendem e assimilam de forma divertida.

A canção de domínio público, Homenzinho torto, que fez parte da infância de muitos adultos de hoje, traz um arranjo bem contemporâneo.

A música de trabalho do disco nas rádios foi o funk Dança do pingüim. É a única canção do cd que não enfatiza nem o conteúdo bíblico, nem o conteúdo educativo. Por outro lado, numa festa de aniversário, com certeza é a que mais anima.

Chua, chuá volta ao clima de pop-rock. A canção versa sobre a natureza e sobre o Criador.

O alfabeto visa ensinar os baixinhos as letras de nosso alfabeto de forma bem legal e a reconhecer que Deus é quem nos dá sabedoria para podermos aprender. É a primeira vez que aparece um dos personagens que foram criados para a futura gravação do dvd. Além do Nick, os outros personagens são: Guigui, Bluedog, Luí Petit (marionete), Flock (boneco de neve) e Tico (pinguim), entre outros.

O forró A oferta da viuvinha, baseada no texto de Lucas 21, ensina sobre a importância de ofertar na casa do Senhor.

Verde que te quero verde incentiva a criançada a comer verduras e legumes. É o rap dos vegetais.

Louvar é bom demais ensina a galerinha a agradecer a Deus por tudo Ele nos dá. Fala da importância de louvarmos ao Senhor em todo o tempo com tudo o que temos e somos.

Em ritmo de rock anos 70 cantamos a história da chamada do menininho que viria a ser conhecido como o profeta Samuel. Muito legal!

As canções infantis da cultura brasileira são em sua maioria bem “baixo astral”. Por exemplo: “Samba lelê tá doente, tá com a cabeça quebrada. O que ela precisava é de uma boa palmada”; “Boi da cara preta pega essa criança que tem medo de careta”; “O anél que tu me deste era vidro e se quebro, o amor que tu me tinha era pouco e se acabou”, etc... Sem contar que o “Rá-tim-bum” cantado nas festas de aniversário significa “amaldiçoado”.

A faixa seguinte é Não atire o pau no gato, que visa ensinar os pequeninos a amar os animais, vem justamente de encontro a essa tendência citada no parágrafo anterior. Pode até não emplacar no nosso dia a dia, mas a intenção é ótima.

Sim, Jesus é mais um forrozinho alegre e dançante. É um louvor evangelístico, em que, embora a mensagem seja a mesma utilizada para os adultos, a linguagem é adaptada para a realidade dos pequeninos.

Campeão fala que somos mais que vencedores quando fazemos parte do time de Jesus e que, sempre que oramos ou lemos a palavra de Deus, marcamos um gol de placa contra o nosso adversário.

Neste repertório de ritmos diversos não podia faltar um reaggae. A sementinha narra em linguagem infantil a parábola do semeador encontrada em Mateus 13.

Fechando com chave de ouro, temos Você é especial. “O seu cabelo, a cor da sua pele, o tamanho do pé. Altura, peso, medidas, braço, perna e barriga, bem assim como é... Você foi criado, foi separado pra servir a Deus do jeito que você é...Insubstituível! Você é incrível! Só precisa Ter fé. Você é especial, não existe outro igual. Deus criou você assim, diferente de mim”. Entenderam? Esta serve para os adultos também.

Confirmando sua qualidade musical e reconhecendo sua qualidade espiritual, um ano após ser lançado, o disco foi indicado e levou o prêmio Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa no Grammy Latino 2006.

Fonte: SuperGospel.com.br